Sempre que você vai efetuar uma compra ou validar algum documento é preciso utilizar sua assinatura, certo?

Agora, imagine uma situação: a sua empresa quer contratar os serviços de outra empresa fora da sua localização. Pense em todo o trabalho com elaboração de documento, como um contrato, Correios, que já demanda tempo, e se houver qualquer erro ou falta de informação no documento pode levar semanas até que se concretize a relação jurídica.

Pois é, para evitar situações desgastantes como essas, a assinatura digital surgiu como um meio prático de validar documentos. Ela carrega informações sobre quem assinou o documento, o quê, quando, onde e como. Ou seja, é uma espécie de impressão digital eletrônica.

Quer entender um pouco mais sobre o assunto? Preparamos esse artigo para você e vamos falar sobre o que é assinatura digital, como funciona e qual a segurança real que ela tem. Acompanhe.

O que é assinatura digital

A assinatura digital reproduz a sua  assinatura em um documento eletrônico, de forma segura e equivalente a sua assinatura de próprio punho, com validade jurídica inquestionável.

Com ela, a sua empresa elimina processos manuais de coleta de assinaturas, remessa física de documentos, reconhecimento de firmas e a gestão de documentos físicos, reduzindo custos, simplificando os processos e agilizando substancialmente a formalização dos documentos.

É uma tecnologia que utiliza a criptografia e vincula o certificado digital ao documento eletrônico que está sendo assinado. Assim, dá garantias de integridade e autenticidade.

Como funciona?

A assinatura convencional é substituída por um Certificado Digital ICP-BRASIL e uma chave privada exclusiva do seu proprietário. Somente por meio dele é possível comprovar que uma determinada assinatura online ou chave pertence a uma determinada pessoa.

Além da identificação e das informações da chave, o certificado digital comprova a identidade da pessoa porque existe a responsabilidade de uma Autoridade Certificadora.

As assinaturas digitais utilizam processo autenticação, onde os signatários podem provar a sua identidade confirmando seu nome de usuário e senha, sua data de nascimento e número da previdência social. Os dados exclusivos de impressão digital de identificação permanecem incorporados em um documento.

A validade legal da assinatura digital é assegurada pelo artigo 10 da MP nº 2.200-2, que produziu a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileiras – ICP – Brasil, dando a validade jurídica essencial aos documentos.

Ela é segura?

A base do sistema de assinatura digital são os certificados digitais, estes certificados utilizam a criptografia como principal funcionalidade técnica.

Você sabe qual a importância da criptografia?

A função da criptografia é codificar os dados de forma que eles fiquem incompreensíveis para as pessoas que não estão autorizadas a acessar um determinado conteúdo. O documento somente será analisado, em sua integridade, por aqueles que possuem essa autorização.

Então, as assinaturas digitais utilizam criptografia e vinculam o certificado digital no documento eletrônico assinado, uma espécie de registro de autenticidade.

Vantagens 

As principais vantagens da assinatura digital que podemos citar estão:

  • Otimização dos processos e redução da burocracia;
  • Aproveitamento do tempo e comodidade;
  • Emissão de documentos e contratos com mais facilidade;
  • Redução do impacto financeiro nas empresas;
  • Maior segurança se comparada às assinaturas manuais;
  • Melhor gestão da informação;
  • Adoção de práticas sustentáveis.

Certamente a assinatura digital é uma tendência global, que veio para simplificar o processo de assinatura de documentos. Portanto, vale a pena investir.

E aí, gostou do nosso texto e aprendeu um pouco mais sobre o que é assinatura digital e como ela funciona? Visite nosso blog e conheça mais sobre vários outros assuntos do universo TI.

Comments are closed.

Que tal ser o primeiro a receber nossos conteúdos sobre tecnologia?

Receba nossos conteúdos em 1ª mão.