Trabalhar como TI freelancer pode ser uma excelente alternativa para profissionais que desejam ter bons rendimentos, e ao mesmo tempo flexibilidade. No entanto, é necessário não apenas ter foco, mas um bom planejamento financeiro.

É através dele que você poderá garantir mais segurança financeira para deixar as contas em dia, investir na sua carreira e ainda lucrar. Lembre-se, atuar por conta própria é correr o risco de ter muitos clientes em um mês, e pouquíssimos em outro.

Logo, se planejar é fundamental. Por isso separamos algumas dicas de planejamento financeiro para TI Freelancer

Saiba exatamente quais são as suas despesas

A primeira coisa que todo profissional do gênero precisa fazer é calcular as despesas diárias de trabalho. Apesar de trabalhar por conta própria, você precisa calcular tudo que está relacionado ao seu trabalho. 

Desde o plano de internet até as refeições que você faz durante o seu expediente. É com base nas despesas que você saberá quanto precisa ganhar para cobrir esses custos e ainda lucrar.

Anote tudo o que você ganha

É fundamental que o TI Freelancer anote tudo o que ganha. Seja em uma planilha ou em um app de finanças. 

Somente anotando detalhadamente seus rendimentos será possível avaliar se os valores cobrados pelos serviços estão sendo suficientes. E até mesmo entender a variação mês a mês.

Separe parte de seus lucros para investimento em aperfeiçoamento 

Ao fazer o seu planejamento financeiro, é importante separar parte dos lucros para investir no seu aperfeiçoamento. É por meio dele que você poderá garantir um lugar no mercado. 

Lembre que o setor de TI está constantemente se atualizando. E se você quiser ter uma carreira estável trabalhando por conta própria, precisa se manter atualizado. 

Crie um fundo de emergência e já pense na sua aposentadoria 

Mais uma das dicas para quem trabalha como TI Freelancer é criar um fundo de emergência. Ele será útil para aqueles meses que a renda não foi a esperada, ou até mesmo quando algum imprevisto surgir, como o seu computador quebrar.

Além disso, é importante investir na aposentadoria. O ideal é que, além de pagar o INSS de forma avulsa, você também tenha uma previdência privada.

Afinal de contas, nunca se sabe se você vai querer se aposentar apenas quando a previdência social permitir, ou antes. 

Avalie formas de pagamento que são mais vantajosas

Muita gente fica em dúvida em dúvida se na hora de comprar recursos e itens para o trabalho, é melhor pagar a vista ou no cartão de crédito. Isso vai depender da situação.

Se o produto tiver um bom desconto a vista, e você tiver o dinheiro sem que isso desfalque seu fundo de emergência, o pagamento a vista é a melhor opção. Agora, se o parcelamento é sem juros e de quebra você ainda ganha pontos para trocar por serviços e produtos, o cartão de crédito pode ser o ideal. 

Agora que você já sabe como se planejar financeiramente, trabalhando como TI Freelancer, não deixe de colocar essas dicas em prática. Assim, você terá mais tranquilidade 

Deixe um comentário

Que tal ser o primeiro a receber nossos conteúdos sobre tecnologia?

Receba nossos conteúdos em 1ª mão.