Para lidar com o crescimento do setor de tecnologia da informação é imprescindível contar com processos automatizados e organizados que vão contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços prestados. 

Por isso, para as empresas que desejam investir em tecnologia,  é fundamental que sejam explicitados todas as obrigações, metas, prazos, tipos de serviços e o que mais for necessário para manter a transparência e alinhamento entre contratante e contratado.

Dentre as práticas que mais estimulam a organização e a melhoria da qualidade dos serviços de TI prestados, podemos citar o SLA. Por meio desse documento você pode estabelecer com clareza as metas e o relacionamento que terá com os seus clientes.

 Mas, você sabe o que significa SLA e por que é tão importante torná-lo mais eficiente? Confira esse post.

O que é SLA? 

SLA é a sigla de Service Level Agreement, que em português significa Acordo de Nível de Serviço – ANS.

Consiste em um documento que formaliza os termos referentes aos serviços realizados entre as duas partes envolvidas, a empresa contratada e o contratante.

Geralmente, é usado na contratação de serviços de TI, garantindo mais segurança e transparência a todos os envolvidos. 

 Neste documento estão especificados detalhadamente todos os aspectos do tipo de serviço, os prazos contratuais, a qualidade do serviço e o preço a ser pago pelo trabalho.

As empresas que prestam serviços sob um SLA têm a obrigação de atingir padrões mais altos de qualidade. Por isso, ainda que os termos do contrato tenham sido definidos, eles podem e devem ser revisados ao longo do tempo, visando manter tais padrões de qualidade.

A importância de tornar o SLA mais eficiente

O SLA visa tornar a relação de prestação de serviço mais tranquila para ambas as partes. Principalmente, porque o descumprimento do acordo pode gerar prejuízos para os contratantes. 

É imprescindível contar com profissionais especializados que conheçam a realidade do seu negócio para assim, definir cláusulas que de fato sejam relevantes. 

Um SLA eficiente é muito mais do que criar uma lista de deveres e obrigações a serem cumpridos. A máxima eficiência do SLA gera impactos na gestão financeira e na redução de custos.

Dicas de como melhorar o SLA

Não existem regras rígidas para que um SLA seja eficiente, porque isso depende do contexto de cada empresa. Porém, boas práticas devem ser consideradas:

  •  Exponha os itens de forma clara, específicamente, sem margem para duplas interpretações;
  • Crie índices e métodos claros de controle;
  • Tenha em mente que a confecção de um SLA deve resultar de um acordo entre ambas as partes, sem imposições. 

SLA é uma forma inteligente de reduzir conflitos. É a versão simplificada e transparente de como será o serviço prestado. É o mecanismo de alinhamento das atividades do prestador com as normas, garantindo um melhor planejamento, com menos falhas.

Definir um SLA é o ponto mais importante da contratação de qualquer serviço de TI. Ao fazer isso a sua empresa evita prejuízos e torna a prestação de serviços mais inteligente e prática.

Vimos quão importante é um SLA. Portanto, reserve tempo para se dedicar a criá-lo e evitar possíveis problemas. Gostou do post? Assine nossa newsletter e fique por dentro desse e de muitos outros assuntos.

Comments are closed.

Que tal ser o primeiro a receber nossos conteúdos sobre tecnologia?

Receba nossos conteúdos em 1ª mão.