O Wifi 6e foi anunciado no começo do ano de 2020 e chegou repleto de melhorias para as redes sem fio.

Em primeiro lugar, ele  é considerado o mais novo padrão de redes sem fio, com suporte de frequência de 6 GHz, e ademais trouxe além de velocidades de transferências mais altas, menor latência e mais estabilidade.

A princípio, a proposta do Wifi 6e é aprimorar a qualidade das redes Wi-Fi sob alta demanda,  sobretudo em situações como streaming, jogos, entre outras. Ou seja, a ideia é diminuir os problemas de congestionamento e garantir acima de tudo o acesso a mais canais.

Além disso, esse novo padrão da internet sem fio, o wifi 6e, foi  recentemente aprovado para utilização pela ANATEL, no Brasil, e isso, naturalmente, abre caminho para implementação de redes sem fio muito mais velozes.

Por isso, no artigo de hoje vamos trazer mais informações sobre o WIFI 6E. Confira.

O Wifi 6e

Wi-Fi 6E é o um novo padrão para os usuários identificarem dispositivos Wi-Fi que operam em 6 GHz.

Primeiramente, ele oferece complemento aos recursos e capacidades do Wi-Fi 6, como desempenho superior, latência mais baixa e surpreendentemente taxas de dados mais rápidas, que se estendem na faixa de 6 GHz.

Essa capacidade de espectro adicional permite mais Wi-Fi, inovação e oferece contribuições valiosas para consumidores e empresas, além de economia.

De tal forma que, devido às suas características semelhantes e proximidade com a banda de 5 GHz, onde o Wi-Fi já opera, 6 GHz traz capacidade de espectro adicional, fornece blocos de espectro contiguos para acomodar 14 adicionais de 80 MHz ou 7 canais adicionais de 160 MHz de largura e espectro menos congestionado do Wi-Fi 4 ou Wi-Fi 5.

O Wi-Fi 6E utiliza os recursos de 6 GHz para permitir aplicativos de alta largura de banda que exigem dados mais rápidos, maior rendimento, como streaming de vídeo de alta definição e realidade virtual, além de conectividade de menor latência para aplicações de jogos online.

Com velocidades tão altas e baixa latência terá um impacto significativo nas empresas e nos consumidores.

Como funciona?

Mas, como funciona esse novo padrão Wi-fi?

Certamente, o seu roteador é compatível com as frequências de rede Wi-fi 2,4 GHz e 5 GHz. Embora a frequência 2,4 GHz seja mais comum, ela suporta menos dispositivos comparada à frequência 5 GHz, que é mais estável com suporte a mais aparelhos.

Com frequência de 6 GHz, por ser uma gestão mais eficiente dos canais conectados, reduzir possíveis sobrecargas e interferências.

Mas, vale lembrar que não é uma questão de deixar o Wi-fi mais rápido, mas promover melhor aproveitamento da faixa disponível e, consequentemente, um melhor desempenho.

Entretanto, vale ressaltar que uso desse novo padrão de rede sem fio depende da regulamentação de cada país. No Brasil, a Anatel, apesar de já tem definida as regras para utilização Wi-Fi 6E, embora não se saiba muito sobre especificações.

Mas, a expectativa é alta, principalmente, porque roteadores compatíveis estão previstos para serem lançados no final deste ano ou início de 2021.

Gostou do post? Assine nosso newsletter e fique por dentro deste e outros assuntos interessante do universo TI.

 

Comments are closed.

Que tal ser o primeiro a receber nossos conteúdos sobre tecnologia?

Receba nossos conteúdos em 1ª mão.